terça-feira, 27 de junho de 2017

A RAZÃO DA NOSSA MAIOR ALEGRIA!


Lucas 10. 20: “Alegrai-vos não porque os espíritos se submetem; E sim, porque o vosso nome esta arrolado nos céus”.
O texto nos diz, que Jesus no inicio da sua missão terrena enviou os seus discípulos de dois em dois, e ele deu autoridade á eles para pregarem o reino dos céus, curarem enfermos, fazerem milagres, e para tanto aqui no  (v.19) Disse Jesus: Eis que ai vos dei autoridade para pisardes serpentes e escorpiões e sobre todo o poder do inimigo, e nada absolutamente vos causará danoE uma coisa interessante é notar que eles ficaram entusiasmados eufóricos, maravilhados, porque ao seu mandar usando o nome de Jesus, milagres começaram acontecer, curas maravilhosas e, acima de tudo os espíritos imundos saiam das pessoas e submetiam-se as suas ordens.
E quando eles voltaram diz aqui o (v.17) Regressaram possuídos de grande alegria, dizendo; “Senhor, os próprios demônios se nos submetem pelo teu nome”. Então, Jesus olhando para a alegria dos seus discípulos disse: (V.20) Não obstante, alegrai-vos, não porque os espíritos se submetem, e sim, porque o vosso nome esta arrolado nos céus. Hoje, nós podemos entender perfeitamente o que dizia Jesus com respeito as maravilhas do reino celestial. Que não é o poder das nossas conquistas humanas, a gloria do mundo que deve ser a nossa maior alegria, mas sim, a recompensa que nos está aguardando e, que no caso aqui era para os seus discípulos. (I Corintios 2. 9) Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.Por isso o nosso maior regozijo, a nossa maior alegria, é termos sido chamado, buscado, trazido pela misericórdia do Pai, e assim, como um presente querido entregue a Jesus seu filho amado, para que fossemos lavados, purificados, justificados pelo sangue da nova aliança vertido na cruz infamante do calvário. (João 6. 37) disse Jesus: Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora. Acho ser esta promessa de Jesus a mais linda, entre tantas outras que a palavra de Deus tem, a mais reconfortante, que pode botar em pé de novo, um crente que caiu, que fracassou, pecou, pode assim voltar a ter esperança de vida, de perdão, de reconciliação.  
Quando Jesus viu a euforia dos seus discípulos pelo poder que tinham para fazerem milagres, e expulsarem demônios, Jesus os advertiu dizendo;” Não ficai alegres porque os demônios se submetem, e em meu nome podeis fazer milagres, Mas sim, alegrai-vos porque os seus nomes estão arrolados no céu”. Essa sim, é a maior de todas as conquistas que um ser humano pode receber nesta vida, e o próprio Jesus disse: (Mateus 16. 26) Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?Sabe meu irmão, muitas vezes as tempestades da vida tem levantado contra nós ventos impetuosos, ondas tormentosas de enfermidades, dores, desilusão, desemprego, falta de dinheiro, desanimo, frustrações e isso muitas vezes nos induz a falta de confiança em nosso Deus e nos leva a olhar para a força da tempestade e, achar que ela é mais forte do que o poder do nosso Deus. Então ai, como Pedro começamos a afundar. Feliz daquele que em tempo pode gritar por socorro, em tempo de se poder redimir.  O apostolo Paulo sofreu muito em seu ministério e em (2 Corintios 11.2) ele narra uma lista terrível de sofrimento que ele passou; prisões, açoites, fome, sede, naufrágio, perseguição, frio, nudez. Mas, voltando um pouco no capitulo (6 . 10) ele diz uma coisa muito importante; “Entristecido sim, mais sempre alegre, pobre sim, mas enriquecendo a muitos, nada tendo, mas possuindo tudo”. E ainda em (Filipenses 3. 8) ele diz: Considero tudo isso como perda por causa por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas, e as considero como refugo para ganhar a Cristo.Quando os discípulos de Jesus voltaram alegres, regozijando daquela missão por eles terem o poder de fazerem curas, operarem milagres, expulsarem demônios, Jesus os alerta dizendo que a gloria que os aguarda é infinitamente maior do que aquele poder que eles tinham recebido e, que se assegurava justamente pelo nome deles já estar escrito no livro do céu. Quando o Senhor prometeu segundo o relato de (João 6. 37) Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim, e o que vem á mim DE MODO NENHUM O LANÇAREI FORA. Essa promessa é pra mim, e pra você meu amigo e irmão, nós que um dia entregamos as nossas vidas á Cristo Jesus, confiantes no seu sacrifício. Por isso, bote um sorriso no rosto, regozije-se, levante essa cabeça pendida, tire do seu coração tudo aquilo que te faz sofrer e glorifique o nosso Deus, porque o nosso nome também esta escrito no livro da vida, porque fomos buscados, comprados, resgatados, justificados, salvos por graça mediante a fé que inundou o nosso coração um dia. Aleluia!
Que Deus abençoe a tua vida em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

sábado, 24 de junho de 2017

quarta-feira, 21 de junho de 2017

A DESGRAÇA DE UM INCONTIDO DESEJO!

  (Gênesis 3. 6) Vendo a mulher que a arvore era boa de se comer, agradável aos olhos  e arvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto
e comeu e deu também ao marido,e ele comeu.
























Ó inebriante "vermelho" pecado..!
Que em forma de fruto mostraste,
O sonho do grande mistério...
Que o irresistível desejo incitaste.

O diabo astuto e a espreita,
Conspirava traição...
Por ter sido por Deus condenado,
A eternal  perdição.

Cheio de tanto rancor,
Impiedoso e traiçoeiro...
Quis com Deus competir.
Vendo em Eva o forte desejo,
Do fruto o sabor sentir...
Aproximou-se ardiloso embusteiro.

Disse: coma Eva!...igual a Deus tornarás,
Conhecendo o bem e o mal
Poder e independência terás,
E experimentareis liberdade afinal!.

Eva outra vez, ao fruto olhar,
Que maldita fascinação!
Desejo irrefletido e incontido,
Que do mandamento esquecido
Veio em desobediência pecar.

Diante de tão grande desgraça...
Que o diabo pensou consumar,
Fazendo assim como ele;
O homem também pecar.

Só não avaliou do amor a grandeza,
Antes dos tempos eternos, o fato a luz,
Que em Onisciência havia Deus projetado,
Em pagamento orçado
O Sangue remidor de Jesus.

Quando em tão grande e sofrível Brado!
Na cruz do  calvário ecoou......
Está tudo consumado!
Pelo preço deste Sangue derramado;
As nossas culpas e pecados PAGOU!
=============================

Um testemunho Pessoal:
A imperiosa ordenança e o amor de Cristo Jesus que amando o mundo, por tão imensurável amor, voluntariamente quis morrer "para que  todo o que Nele crê não pereça, mas tenha vida eterna" (João 3.16). E, assim, constrangido por  tão grande amor, me esforço no árduo labor da Sua seara, disponibilizando-me a serviço do seu reino como: mensageiro, "escritor e poeta" para que de alguma forma possa levar  algum perdido e desesperançado pecador, aos pés Benditos de Cristo Jesus, para receber perdão e salvação para sua alma.
Que ao nome Santo de Cristo Jesus seja toda a glória, para todo o sempre. Amém! 

Enéas Cândido de Lara



segunda-feira, 19 de junho de 2017

A ALEGRIA RESTITUÍDA !

Davi ao ser repreendido pelo  profeta Natã

As amargas experiências vividas, são muitas vezes, fruto de nossos  pecados cometidos. Tal, como aconteceu  com Davi, quando olhando para os encantos da linda Bate-Seba, se  deixou seduzir por ela, engendrando um plano para possuí-la
Então, ele utiliza de mãos inimigas, para matar o seu marido. Enfim, então, que triste devaneio de um  momento de falsa alegria,  de desejada conquista, ela era sua. Mas, também seu era o grave pecado cometido. E o pecado é transgressão, alienação, afastamento de Deus. Ou seja, Morte. E morte é sinônimo de dor. De tristeza. De perdição. É como alguém estivesse chafurdado num poço de cabeça para baixo.

 Só há um caminho para a vida: que é o arrependimento e confissão. Foi o que aconteceu com Davi. Felizmente. Sendo repreendido severamente por Natâ, o profeta, reconheceu o seu pecado. Entristece-se. Chora. Por causa de seu pecado, e busca a Deus. Confessa a sua falta. Dá meia volta na sua vida espiritual. Implora a misericórdia do Pai. Ele não põe panos quentes nos seus erros, não tenta se justificar. E, assim escreve o (Salmo 51. 3)  dizendo:” Conheço as minhas transgressões..... Pequei contra ti, contra ti somente!” Não há auto-complacência! Pelo contrário: o coração honesto confessa a sua  gênesis pecaminosa:” eu nasci  na iniquidade”!
Só o Pai de amor pode salvá-lo. Ele tem certeza plena de que a alegria perdida só podia ser restituída pelo próprio Deus. O Espirito Santo é o seu comunicador. “ O justo poderá cair, mas se cair não ficará prostrado”(Salmo 34. 24) Ele se arrependerá e, voltará para o Senhor. Este o perdoará.  Por isso, Davi pode  com profundo arrependimento,  orar e pedir a Deus: Restitui-me a alegria da tua salvação(Salmo 51. 12) O pecado rouba de nós o que temos de mais precioso, que é a paz e a alegria do coração, porque o pecado nos afasta de Deus. Mas, o arrependimento com sincera confissão, reaproxima-nos  das benesses da graça do Pai. 
Que Deus te abençoe na meditação da sua palavra, em nome  de Jesus!

quinta-feira, 15 de junho de 2017

O REVELADO MISTÉRIO DO GRANDE AMOR DE DEUS!

O texto abaixo de (Efésios 1. 1-14) É uma transcrição fiel da Palavra de Deus. 

....}# assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor  nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado, no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça,  que Deus derramou abundantemente sobre nós em toda a sabedoria e prudência,  desvendando-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito que propusera em Cristo,  de fazer convergir nele, na dispensação da plenitude dos tempos, todas as cousas, tanto as do céu como as da terra;  nele, digo,no qual fomos também feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as cousas conforme o conselho da sua vontade,  a fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que de antemão esperamos em Cristo; em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa;  o qual é o penhor da nossa herança, até ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.( Efésios 1.1-14).
Este texto é uma das mais belas revelações do Amor de Deus o Pai, que o apostolo Paulo inspirado pelo Espirito Santo, trouxe para a alegria e o conforto dos nossos corações, na viva e infalível esperança da vida eterna.
Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!
Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 13 de junho de 2017

AMARÁS O SENHOR TEU DEUS DE TODO O TEU CORAÇÃO....., E O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO!

Texto Básico: (Mateus 22. 37- 39)

Nós vivemos num mundo mergulhado no maligno e, temos que conviver com pessoas que nos causam profunda tristeza. Temos por vez o nosso coração amargurado, pelo comportamento de homens irreverentes, tresloucados, cuja atitudes insanas, cruéis, desumanas, fazem de nossa sociedade, e da cidade em que moramos um lugar inseguro de se viver. Isso é uma realidade conhecida de todos nós. Entretanto, a despeito de tudo isso, a nossa reação não deve ser na medida como somos tratados, mas devemos viver e agir pautados nos ensinamentos do Senhor Jesus que disse: “Que devemos caminhar a segunda milha.......deixar nossa capa......oferecer a outra face”....(Mateus 6. 39-41)
Essa tarefa não é tão fácil assim para nós, mas é perfeitamente possível quando vencermos a batalha da carne e passarmos a viver no Espírito.O tópico da nossa mensagem nos diz que nós precisamos amar a Deus sobre todas as coisas, inclusive sobre a nossa própria vida. O Senhor Jesus ministrando o seu profundo ensinamento disse:  Quem quiser salvar a sua vida perdê-la-à; e quem perder a sua vida por minha causa achá-la- à (Mateus 16. 25). Isso depende de uma disposição e de um real esforço pessoal para conseguirmos. O Senhor Jesus disse: ”ESFORÇAI-VOS por entrar pela porta estreita (Lucas 13. 24) Tem uma luta para ser vencida, uma batalha para ser conquistada contra o nosso maior inimigo; (que somos nós mesmos. Ou seja; a nossa carne) e Jesus disse: Se alguém quer vir após mimA SI MESMO SE NEGUE TOME A SUA CRUZ E SIGA-ME”. 
Mas, graças a Deus que essa força não vem propriamente de nós, mas vem daquele que nos amou primeiro. (I João 4. 19) então podemos olhar para o mundo, para o nosso próximo e conviver com ele a despeito da loucura do seu viver, sendo o reflexo daquele amor com que nós fomos revestidos. O amor do Pai.
 A transparência natural de nossas atitudes devem assinalar a gloriosa transformação do amor de Deus que nos fez em uma nova criatura e, que nos norteia o nosso viver e mesmo que sejamos ofendido, perseguido, caluniado jamais devemos nos abater, e nem tão pouco influenciar-nos, pois somos guiados e dirigidos pelo agir do Espírito Santo que habita em nós. Para tanto, devemos lembrar que o nosso compromisso é com Deus, e a Ele prestaremos conta naquele dia. O importante é que, pautados pelo assumido compromisso com o nosso Senhor Jesus Cristo, possamos ser Luz do mundo e Sal da terra, deixando exalar o bom perfume de Cristo no meio de um fétido mundo corrompido sendo verdadeiros discípulos seus. Devemos mostrar a este mundo perdido e hostil que, perdeu a candura a doçura e o amor, que embora vivendo aqui nós somos diferentes, somos peregrinos de passagem pela vida a caminho da verdadeira Pátria, a qual foi preparada para nós vivermos toda a eternidade com Cristo Jesus, nosso amado Salvador .
 Pense nisso. 
 Que a  Ele seja toda a gloria, honra e louvor para sempreAmém!

Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Uma imperiosa e intransferível ordenança!

DISSE JESUS: NISTO É GLORIFICADO MEU PAI!

Texto Básico: (João 15. 1) "Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda"  
Todos nós que um dia recebemos Jesus Cristo como nosso salvador, temos a grande alegria de estarmos navegando por águas tranquilas, na esperança segura da nossa salvação, que nos foi conferida antes da fundação do mundo. É isso que o apostolo Paulo nos diz em (Efésios 1-4). Que grande conforto espiritual, é termos esta certeza que o nosso relacionamento com Deus, precedeu o tempo, a historia e, a própria criação do mundo.
 Entretanto, nós não fomos chamados, escolhidos, eleitos, só para ficarmos desfrutando dessa maravilhosa graça, comodamente de braços cruzados, a sombra de uma frondosa arvore, olhando o descortinar do horizonte. NÃO!......., este descanso é prometido a nós por Jesus, quando deixarmos este vale de lágrimas e, formos para sempre com ele morar. Ai então, teremos o prometido descanso. No entanto, enquanto aqui estivermos, neste mundo, o que Jesus nos ordenou a fazer  foi; muito trabalho, muita luta, muita semeadura, ininterrupto labor na sua seara .
Mateus 9- 37 Jesus disseOs campos estão brancos para seiva, mais são poucos os trabalhadores”.
 Se você meu irmão, sente-se um vitorioso em Cristo Jesus, na (eleição do seu chamamento).  Então, fique sabendo de uma coisa; que nesta seara não tem espaço para aqueles acomodados, e desafeiçoados ao trabalho. Deus não aceita em suas trincheiras homens e mulheres que não estejam engajadas por um objetivo único, que é servir ao senhor, nem que isto lhe custe a própria vida. Porque, não há convencimento maior para nós enfrentarmos essa batalha, do que um amor maior, entranhado no mais profundo do coração, que seja a alegria de estarmos servindo a causa de Cristo Jesus, nosso Senhor e mestre, certos do glorioso galardão que vamos receber um dia.
            Qual foi a missão que Jesus nos incumbiu a fazer?. (João 15.8) “NISTO È GLORIFICADO MEU PAI, EM QUE DEIS MUITO FRUTO, E ASSIM VÓS SEREIS MEUS DISCIPULOS”. O que Jesus esta dizendo aqui é, que não tem outro jeito, não tem outra alternativa, outra possibilidade de agradarmos a Deus, se não for através da nossa dedicação, do nosso esforço pessoal no trabalho incansável do seu reino. E o imperativo desta missão nossa, é produzir muitos frutos, porque foi exatamente para isso que nós fomos chamados. (João 15-16) disse Jesus; Não foste vós que me escolhestes a mim,PELO CONTRARIO, eu vos escolhi a vós outros e vos (designei para que vades e deis frutos.) Jesus foi muito claro e objetivo; tem que produzir muitos frutos!
 (João 15- 1) disse JesusEu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele corta; e todo o que dá  fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Na matemática de Jesus, frutos tem que ser abundantes!

Após Jesus ter dito que o Pai  é exaltado glorificado, quando nós produzirmos muito fruto, Ele disse colocando num condicional  a exigência do Pai. “E ASSIM” tornareis meus discípulos.
Semelhantemente O senhor Jesus contou a parábola dos Talentos. (Mateus 25. 14)  E aqui ele disse: “Que um homem recebeu cinco Talentos, o segundo dois, e o terceiro um” (O v. 15 ) disse Jesus: que foi segundo a própria capacidade de cada um. Todos tinham igualmente capacidade para administrar o bem que receberam. Porém; o terceiro que recebeu um talento só, não quis trabalhar, não quis produzir, não deu a devida importância ao bem que recebeu . Jesus não disse aqui, que o que recebera cinco talentos era mais importante, do que os outros,  não!.... eram exatamente iguais dentro das suas  habilidades. O que Jesus quis enfatizar, é que todos tinham que trabalharem, produzirem com aquilo que receberam do seu  Senhor. Mas o que aconteceu? O que recebeu um talento, diz o (v. 26) Ele enterrou o talento recebido.
Analisando a conduta deste servo, nós podemos entender que ele foi negligente, improdutivo, mais o mal maior foi, que ele não deu a devida importância ao valor do bem que recebeu.
Eu queria deixar com os irmãos esta advertência de Jesus, para que nós estejamos pensando nela. O que temos feito com o talento que recebemos de Jesus?. Você conhece qual é o teu talento? Ou,  ainda não o identificou qual é ?, é bom que descubra imediatamente qual é, e o coloque em ação.  Não existe ninguém( SALVO POR JESUS)que não tenha  recebido talento, nem que seja um só,  foi o que Jesus disse aqui em sua parábola.
Que triste e angustiante dia não será para aquele, que ao ouvir o som da trombeta conclamando a prestar contas da sua mordomia, e ai, se lembrar que o talento recebido do Senhor um dia, foi por ele enterrado e, agora como vai encarar o rosto do seu Senhor na prestação de contas.-----Veja o que Jesus disse para aquele servo improdutivo que recebeu um talento e não quis trabalhar com ele!. (V.30) Servo INÚTIL (Imprestável) lançai-o para fora nas trevas. Ali haverá choro e ranger de dentes”. A nossa salvação irmãos, foi fruto de um amor extremado, no qual Deus se doou a Si próprio na pessoa de seu Filho Jesus, para sacrifício de justiça, morrendo numa maldita cruz, e assim Ele espera que Seu beneficiário O retribua esse divino amor em incansáveis trabalhos na sua Seara, produzindo muitos frutos.
 Quando Deus conclamava a Israel para lutar contra os Moabitas Ele viu que entre eles tinha pessoas que ali estavam de má vontade, que não se esforçavam, que procuravam fugir da luta.(Jeremias 48. 10) Disse Deus: Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente!  Maldito aquele que retém a sua espada do sangue!. Ou seja; (que foge da briga, aquele que foge da luta, do trabalho ou faz com pouca vontade, que não tem alegria, que não tem prazer no trabalho que faz). Deus falava duramente contra um servo Seu que concitado a lutar contra os seus inimigos retinha a espada do sangue, ou seja; se negava a participar da luta, não desempenhava a sua obrigação com dedicação, ou fazia de pouca vontade. Deus disse; amaldiçoado seja!.
Estamos convocados por Jesus para lutar em prol do Seu reino, e Ele disse: “IDE E PREGAI O EVANGELHO A TODO O MUNDO”.  Como nós temos encarado este trabalho? Estamos fazendo-o com grande dedicação, esforço, luta, alegria, perseverança?.
Meu irmão, você sabe que não vamos poder escapar desse encontro com Jesus, mais cedo ou mais tarde estaremos diante dEle, e a pergunta será: O que você fez com a vida que Eu te dei? Onde estão os frutos? Que este encontro não seja um encontro vexatório, constrangedor, de dever não cumprido, de amor não correspondido, quando olharmos para Jesus e ver em suas mãos, os sinais dos cravos, e constatar o que Ele fez por nós, morrendo numa maldita cruz, por nos amar, com um amor eterno, divino, gracioso que nós não merecíamos. Que o Senhor de nós tenha misericórdia, e nos de alento, força, coragem para desincumbir de nossa outorgada missão e, não desfalecermos enquanto aqui estivermos.

Que a Ele seja toda a gloria para todo o sempre. Amém
Enéas Candido de Lara

domingo, 4 de junho de 2017

Uma triste despedida, sem reencontro!

Algum tempo atrás um avião Japonês que voava com 524 passageiros, sofreu uma pane incontornável, e o piloto teve a triste missão de comunicar aos passageiros que fatalmente iriam cair em poucos minutos. Entre aqueles passageiros estava um homem de negócios por nome Hirotsugu de 52 anos de idade. Nos últimos minutos angustiantes de vida ele pegando a sua agenda registrava uma triste e desesperançada despedida, a qual foi encontrada nos despojos daquele avião. Em sua agenda ele escreveu a seguinte mensagem a seu filho Tsuyoshi de 21 anos:
Filho viva em paz e trabalhe diligentemente.
Ajude a sua mãe.
Estou muito triste, mas sei que não vou escapar.
Não conheço a razão.
Isso já dura cinco minutos.
Nunca mais quero voar.
Deus me ajude!......
fumaça agora sai de uma turbina que se incendeia,
ouço explosão na cabine, e estamos caindo
O que acontecerá agora?.
Filho eu confio em ti.
Mãe, quem teria pensado que isso aconteceria?
É uma grande pena. Adeus, cuida das crianças!
Agora são 18: 30 horas, o avião balança muito e perde rapidamente altitude.
Estou grato pela minha vida realmente feliz até aqui .
A torre de controle registrou o desaparecimento daquele avião as 18: 37 horas.

Lamentavelmente essa triste e dolorosa despedida não tem nenhuma palavra sequer de esperança de reencontro. Por mais que este homem demonstrasse frieza no seu relato, as suas palavras era como um grito de uma eterna despedida. (Nunca mais nós vamos se ver).
Um dia, meu amigo e irmão chegará também a nossa vez de fazermos a nossa despedida.

(Salmo 139. 16) diz: “No teu livro foram escritos todos os meus dias, escritos e determinados”. Pode ser que nós não sejamos vitimas de um acidente como o de Hirotsugu mas, para cada um de nós vale a mesma pergunta inevitável: Como será para nós essa hora? Podemos enfrentá-la com tranqüilidade, com esperança na certeza que a nossa travessia nos conduzirá para o descanso eterno?.
(I Corintios 15. 22) “Visto que a morte veio por um homem, também por um homem veio a ressurreição dos mortos. Porque, assim como, em Adão, todos morrem, assim também todos serão vivificados em Cristo”. Que consolação maravilhosa é para aquele que um dia entregou a sua vida a Jesus e assim, teve o seu pecado lavado, regenerado, purificado, no sangue do cordeiro e, ainda que tenha que passar pela dolorosa morte a qual é algo inevitável, podemos fazer com grande tranqüilidade certos da nossa vitória que em Cristo Jesus esta assegurada.
(João 5. 24) Disse Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.” Não, não! fique triste por saber que você vai morrer um dia, tenha a fé de Paulo o apostolo (Filipenses 1. 21-23) “ Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro, (v.22) Entretanto, se o viver na carne traz fruto para o meu trabalho, já não sei o que hei de escolher.(23) Ora de um e outro lado, estou constrangido, tendo o desejo de partir e estar com Cristo, o que é incomparavelmente melhor”.
Pode descansar meu irmão, assim como Paulo tinha a certeza da sua salvação e, entre viver ou morrer, ele disse que morrer e estar com Cristo é infinitamente melhor. Assim, também, esta palavra aqui se faz registrar para tua consolação e a certeza da gloria que está preparada para ti, e para tantos outros que se renderam pela outorgada  fé a salvação que somente em Cristo Jesus se pode encontrar.
Pense nisso!
Que a Deus seja toda a gloria, honra e louvor pelos séculos dos séculos. Amém!
Enéas Cândido de Lara
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger