segunda-feira, 20 de novembro de 2017

O milagre de uma divina pescaria !

Disse Jesus:” Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens”! (Mateus 4. 19)
O Senhor Jesus ao iniciar o Seu ministério terreno, Ele chamou homens, cooperadores, para que estes; fossem preparados para serem os continuadores da Sua sagrada missão de trazer ao perdido pecador a mensagem de salvação, que seria consumada na cruz do calvário.
E, assim, passando certa feita pelo mar da galileia viu dois pescadores; Simão chamado Pedro, e seu irmão André. Então, fez o convite: “Vinde após  mim, e eu vos farei pescadores de homens”!  E, eles imediatamente deixaram tudo e O seguiram. 
É interessante notar que Jesus chamou pessoas simples, pessoas do povo, imperfeitos, incapacitados. Alguns deles como; Pedro e João,  que segundo (Atos 4. 13) diz:”Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus”. Uma coisa Jesus sabia; eles eram  pescadores profissionais, que viviam dessa árdua profissão que tinham para sobreviverem. Quantas noites de lutas, quantas tempestades, noites infrutíferas de canseira  e sono?. Quando Jesus os convidou para que “pescassem homens", eles aceitaram sem questionamentos, deixando tudo; e O seguiram.
Deus para fazer a Sua obra não precisa de nós.  Contudo, graciosamente nos convida  para sermos cooperadores  da mais linda e gloriosa de todas as missões; sermos mensageiros de esperança e salvação, pela fé na obra redentora da cruz. Essa missão é difícil, exige coragem, destemor, um amor tão grande entranhado na alma, inflamado por uma fé, e constrangido por uma tão grande gratidão, pelo preço do perdão recebido, a salvação da nossa  alma. Os pescadores  eram homens corajosos, persistentes que ficavam horas esperando o peixe chegar, mas, muitas vezes voltavam pra casa sem conseguir pescar nenhum. Na divina pescaria de homens, não é diferente, o aparente fracasso de um tempo todo sem ver resultado, não pode ser motivo de desânimo,(muito pelo contrário) porque, o “peixe pescado" não depende de nossa vontade, ou de nossas habilidades, mas sim,  da vontade exclusivamente do Espírito Santo. Por isso, o nosso sucesso está garantido, desde que; estejamos persistentes, dispostos  a continuar jogando as redes.

Quando Jesus te salvou, Ele fez um altíssimo investimento, pagando o maior de todos os preços; o Seu vertido sangue derramado naquela maldita cruz, para que você fosse lavado, justificado de todas as suas  injustiças e pecados. Agora, você pertence à Ele, e Ele é teu Senhor, e como Senhor Ele te ordenou: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda a criatura( Marcos 16. 15) Pense nessa gloriosa, intransferível, e outorgada missão!

Que Deus te abençoe, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara?

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

VOCÊ TEM CERTEZA DA SUA SALVAÇÃO ?


Caso ainda não tenha a gloriosa e segura esperança da salvação, é urgentemente necessário que se faça uma  avaliação introspectiva da sua fé, e do seu viver com Cristo Jesus. Pois, está correndo um sério risco de estar  vivendo enganado.

A  certeza da salvação de fato não provém de nós, e nem poderia, mas vem de Deus que nos escolhendo, chamou-nos vindo nos buscar, levando-nos até Cristo Jesus para que fôssemos salvos.
Essa é a graciosa iniciativa do Deus soberano, que escolheu, homens e mulheres para serem  salvos. E isso, exclusivamente  pelo lavar regenerador do sangue do seu unigênito Filho Jesus Cristo. Veja o que disse Jesus:"Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no ultimo dia".(João 6. 44) É uma decisão exclusiva de Deus, escolher e salvar aquele que Ele separou antes mesmo da fundação do mundo.

 O apostolo S. Paulo falando dessa imensurável dotação de um amor tão grandioso, antigo, que precedeu a historia, o tempo e a própria criação do mundo, e que hoje nós podemos sentir gloriosamente em nossas vidas . (Efésios 1. 4).
Veja o que disse o apostolo Paulo a respeito dessa certeza que todo crente tem que ter: (Romanos 8. 16) "O próprio Espírito testifica com o nosso espírito  que somos filhos de Deus" Este testificar, este falar, este comprovar é  por uma ação exclusiva do Espírito Santo  que trabalha em nosso coração e na nossa mente, nos conscientizando do grande milagre da recebida graça do amor de Deus o Pai. (A gloriosa certeza da nossa salvação). Somente os salvos podem sentir e receber essa divina comunicação da certeza da sua salvação.

Veja o texto abaixo, os sinais característicos que norteiam o comportamento de um filho de Deus, salvo por  Sua graça e amor.  
"Assim, pois, irmãos, somos devedores, não à carne como se constrangidos a viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificais os feitos do corpo, certamente, vivereis. pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o Espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba Pai. O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados"(Romanos 8. 12. 17)

Você já entregou a sua vida inteiramente aos Pés Benditos de Cristo Jesus? Não vive mais para si mesmo, mas para glorificar o nome do nosso tão grande Deus?Já sentiu o agir do Espírito Santo, e as consolações do seu amor a dizer-lhe que pela fé és um filho de Deus? Se isso já foi sentido em seu coração, então; você é sim,  um salvo por Sua graça, mediante a Cristo Jesus o único mediador entre Deus e os homens. Portanto, regozije-se, alegre-se na certeza que és um filho amado de Deus, e herdeiro juntamente com Cristo Jesus.

 Pense no tamanho imensurável dessa glória que já és detentor!

Enéas Cândido de Lara

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

O OURO DE TOLO !


“Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma”? (Mateus.16. 26)

Estamos vivendo num momento que urgentemente precisamos retomar, resgatar, a vida de santidade da igreja. Hoje, a santificação da vida em muitos ministérios não é mais o termômetro para medir a vida espiritual de um crente, mas sim, a prosperidade, e as conquistas humanas. (O que vale é o ter, e não o ser). Acorda povo de Deus!.....Ouça a séria advertência que Jesus fez para igreja de Laodicéia.  Assim como Ele deu aquela igreja a oportunidade de recomeço dizendo: “Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas. Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te” (Apocalipse. 3. 19-19).
Infelizmente muitos falsos pregadores hoje estão com vergonha do evangelho de Jesus, já não pregam mais sobre pecado, inferno, arrependimento, nascer de novo, o renunciar-se a si mesmo, porque essa mensagem de Jesus agride frontalmente a condição em que vive o pecador. Ter vergonha do evangelho, escondendo a sua verdade é uma atitude; insensível, covarde, que Jesus condena. “Porque qualquer que, nesta geração adultera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na gloria de seu Pai com os santos anjos(Marcos 8. 38).
No século 16 e 17 nos Estados Unidos, aconteceu a corrida do ouro. Milhares de pessoas se aventuravam nas minas de mineração com o objetivo de se enriquecerem rapidamente. Nessa procura, acabaram muitas vezes se iludindo e enganados pelo "ouro de tolo", um mineral com aparência de ouro, mas sem nenhum valor. O que Jesus disse a igreja de Laodicéia era, que eles estavam atrás de um material que não lhes trazia em nenhum momento a real  felicidade. Eles se orgulhavam do ter, e não sabiam que eram infelizes, miseráveis, pobres, cegos, e nus (V.17).  A riqueza e a prosperidade podem tirar o crente do caminho do Senhor (Mateus 6. 19- 21-24). Foi exatamente o que aconteceu com aquele moço rico, o qual tinha interesse em ganhar a vida eterna, e fazia até o impossível como guardar toda a lei, mas quando confrontado entre a salvação e a sua riqueza, preferiu ficar com a sua riqueza. (Lucas 18. 18-30)
Só podemos encontrar em Jesus o verdadeiro tesouro (v. 18) O ouro refinado pelo fogo é a verdadeira riqueza celestial, sem mancha de pecado e sem ambição humana. A vestidura branca é a pureza e a santidade que o cristão deve apresentar a Deus. Isso só é possível diante de um arrependimento sincero. Sempre há uma oportunidade de retornar ao Pai, como na parábola do Filho pródigo (Lucas 15. 11-32).  Em nenhum momento, o desejo por coisas materiais pode ser maior que a vontade de buscar o Criador. Nossa ambição deve estar submetida e na prática da vontade de Deus, e a partir daí, receber a recompensa de uma vida fiel a serviço de Cristo Jesus.
O que nos faz aproximarmos de Deus? Seria a abundância, riqueza, poder, vida tranquila? Ou será o sofrimento, lutas, dificuldades, e Dores? A verdade é, que nada nos convence mais, do que quando em nós há sofrimento e dor. A nossa vida espiritual não pode depender das circunstâncias, nem do nosso estado de espírito. Não podemos levar uma vida “Morna” com Deus, pois a conseqüência será terrível, o de ser Vomitado de Sua boca, ou seja; expulso de sua presença. 

Não existe coisa pior que isso. Pense seriamente nessa palavra meu irmão, e amigo em nome de Jesus!
 
Enéas Cândido de Lara

sábado, 11 de novembro de 2017

O irresistível chamar do bom Pastor!

AMARÁS O SENHOR, TEU DEUS, DE TODO O TEU CORAÇÃO,....... E O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO! (Mateus 22. 37-39)

Nós vivemos num mundo mergulhado no maligno e, temos que conviver com pessoas que nos causam profunda tristeza. Temos por vez o nosso coração amargurado, pelo comportamento de homens irreverentes, tresloucados, cuja atitudes insanas, cruéis, desumanas, fazem de nossa sociedade, e da cidade em que moramos um lugar inseguro de se viver. Isso é uma realidade conhecida de todos nós. Entretanto, a despeito de tudo isso, a nossa reação não deve ser na medida como somos tratados, mas devemos viver e agir pautados nos ensinamentos do Senhor Jesus que disse: “Que devemos caminhar a segunda milha.......deixar nossa capa......oferecer a outra face”....(Mateus 6. 39-41)
Essa tarefa não é tão fácil assim para nós, mas é perfeitamente possível quando vencermos a batalha da carne e passarmos a viver no Espírito. O tópico da nossa mensagem nos diz que nós precisamos amar a Deus sobre todas as coisas, inclusive sobre a nossa própria vida. O Senhor Jesus ministrando o seu profundo ensinamento disse:  Quem quiser salvar a sua vida perdê-la-à; e quem perder a sua vida por minha causa achá-la- à (Mateus 16. 25). Isso depende de uma disposição e de um real esforço pessoal para conseguirmos. O Senhor Jesus disse: ”ESFORÇAI-VOS por entrar pela porta estreita (Lucas 13. 24) Tem uma luta para ser vencida, uma batalha para ser conquistada contra o nosso maior inimigo; (que somos nós mesmos. Ou seja; a nossa carne) e Jesus disse: Se alguém quer vir após mimA SI MESMO SE NEGUE TOME A SUA CRUZ E SIGA-ME”. 
Mas, graças a Deus que essa força não vem propriamente de nós, mas vem daquele que nos amou primeiro. (I João 4. 19) então podemos olhar para o mundo, para o nosso próximo e conviver com ele a despeito da loucura do seu viver, sendo o reflexo daquele amor com que nós fomos revestidos. O amor do Pai.
 A transparência natural de nossas atitudes devem assinalar a gloriosa transformação do amor de Deus que nos fez em uma nova criatura e, que nos norteia o nosso viver e mesmo que sejamos ofendido, perseguido, caluniado jamais devemos nos abater, e nem tão pouco influenciar-nos, pois somos guiados e dirigidos pelo agir do Espírito Santo que habita em nós. Para tanto, devemos lembrar que o nosso compromisso é com Deus, e a Ele prestaremos conta naquele dia. O importante é que, pautados pelo assumido compromisso com o nosso Senhor Jesus Cristo, possamos ser "Luz do mundo e Sal da terra", deixando exalar o bom perfume de Cristo no meio de um fétido mundo corrompido sendo verdadeiros discípulos seus. Devemos mostrar a este mundo perdido e hostil que, perdeu a candura a doçura e o amor, que embora vivendo aqui nós somos diferentes, somos peregrinos de passagem pela vida a caminho da verdadeira Pátria, a qual foi preparada para nós vivermos toda a eternidade com Cristo Jesus, nosso amado Salvador .
 Pense nisso. 
 Que a  Ele seja toda a gloria, honra e louvor para sempreAmém!

Enéas Cândido de Lara

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Disse Deus: Não to mandei eu? Sê forte e corajoso! (Josué 1. 9)


A emocionante saída do povo de Israel da escravidão do  Egito, foi marcada  de operações sobrenaturais da ação de Deus dirigindo o Seu povo. Depois da morte de Moisés, Deus escolheu Josué para ser o novo líder do seu povo. Podemos imaginar, quanto foi o temor de Josué quando Deus lhe revelou a sua escolha para ocupar o lugar de Moisés na condução do Seu povo, em demanda da terra prometida. Que grande responsabilidade!

Imaginem o que passou pela cabeça de Josué! Aos olhos  humanos até poderia  parecer uma missão impossível. Não só pelo fato de Josué ter de liderar um povo difícil  rebelde, obstinado como Israel, mas também, por ser o sucessor do grande líder  Moisés. Para Deus cada pessoa é única. Deus não escolhe capacitados, mas capacita Seus escolhidos. Contudo, a honra  seguida de uma imensa responsabilidade pesava sobre os ombros de Josué, teria de mostrar grande competência, dedicação  pois Moisés fora um grande líder. No entanto, o texto  mostra que Deus não tinha a intenção de impor a Josué um fardo maior do que poderia carregar. Ao mesmo tempo em que Josué foi encarregado de estar à frente do povo, Deus prometia estar à frente de Josué para lhe dar coragem e ânimo. 

Deus continua agindo assim em nossas vidas hoje. Tanto na vida material, profissional, religiosa recebemos encargos, responsabilidades que para nós, até podem parecer impossíveis de realizar, mas devemos sempre lembrar o que disse Deus à Josué: Não to mandei eu? Sê forte e corajoso!   As  Pressões circunstanciais da vida, sempre vão existir. É por isso que, convém lembrar o que Deus prometeu a Josué. Por mais difícil que fosse a tarefa, Josué sempre podia  contar com um Deus presente, dirigindo,  fortalecendo, encorajando e sobre tudo dando grandes  vitórias. O Senhor  Jesus Cristo, também nos entregou uma grande responsabilidade, a de fazer discípulos por todo o mundo (Mateus 28.19) E para isso, Jesus Cristo prometeu que nunca nos vai deixar sozinho, mas que estará conosco,  sempre! Não importa quais sejam as responsabilidades e os encargos que você receba em sua vida: Você nunca vai estar sozinho! Temos a gloriosa promessa que não falhará. "E eis que eu estou convosco "TODOS OS DIAS"(ou seja a todo o momento) até a consumação do século (Mateus 28. 20).
Que Deus te abençoes meu querido leitor desta mensagem, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara
e-mail: eneaslara194@gmail.com

sábado, 4 de novembro de 2017

A NOSSA DESVENDADA IDENTIDADE !


Disse Jesus:"Eles não são do mundo, como também eu não sou"(João 17. 16)

Bom dia Família da fé! Povo de propriedade exclusiva de Deus, a qual Ele amou sobremaneira com amor eterno, antes mesmo da fundação do mundo (Efésios 1. 4). "Porquanto aos que de ANTEMÃO conheceu, também os predestinou para serem conforme à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou".(Romanos 8. 29-30). Pense meu querido irmão e irmã, na imensurável glória que temos em sermos escolhidos, chamados, eleitos por Deus antes mesmo que tivéssemos este corpo humano. Fomos divinamente criados por um propósito de Deus para sermos neste mundo Seus filhos a serviço do Seu reino. 
Não....não da para conter a alegria, quando compreendemos a dimensão do que realmente somos, e para onde iremos à compor na Cidade Santa, a grande e divina Família de Deus, tendo por irmão mais velho, o nosso tão amado Salvador Jesus. Há....se você entendeu, e tem também convicção de quem és, na participação dessa divina, e graciosa aventura espiritual, a qual definirá o tamanho do galardão que desfrutaremos na eternidade. (Apocalipse. 22. 12) Então, se seu coração vibrar de emoção e gratidão diga; glorificado seja o teu Santo Nome SENHOR, por esse amor tão antigo e, que se faz sentir presente hoje em nossas vidas em Nome de Jesus. Amém ! 

Enéas Cândido de Lara

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

A MORTE NÃO É O FIM DE TUDO, MAS SIM; O COMEÇO DA ETERNIDADE!

Hoje é o dia que milhares de pessoas saudosas dos seus queridos que partiram para eternidade, vão aos cemitérios levar velas, fazer rezas e orações,  para que suas almas encontrem paz. 
Mas, o que foi que o SENHOR da vida e da morte Jesus Cristo falou sobre isso?
Eu sou a ressurreição e a vida. Quem  crê em mim, ainda que morra viverá, e todo o que vive e crê em mim não morrerá eternamente. Crês isto?  (João 11. 25).
O que Jesus está falando é da segunda morte, a morte da alma, ou seja; a perdição de eterna separação de Deus, para um lugar desesperadamente de lágrimas e dor . Mas, para aquele que crê, Jesus fez outra promessa: As minhas ovelhas ouvem a minha voz, Eu as conheço e elas me seguem, e Eu lhes dou vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão”.(João 10. 27-28).
Por isso, nós que cremos no Salvador Jesus, ainda que pareça estranho, nós não vemos a morte como um mal, ainda que  essa separação nos traga na alma profunda dor de saudades, temos a certeza que a partida de nosso ente-querido foi simplesmente uma chamada, um recolhimento do Senhor Jesus para a gloriosa promoção a cidadão do reino Celestial.
“Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos.(Salmo 116. 15)

Diante dessa grande tragédia que passou a fazer parte das nossas vidas (a morte) isso nos incita a uma intrigante pergunta: Você está preparado para este inevitável dia? Se a resposta for NÃO!, então procure imediatamente acertar a sua vida com Deus, enquanto Jesus é salvador, porque depois da morte, Ele passará a ser juiz . E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo (Hebreus 9. 27) A tua grande chance meu querido leitor dessa mensagem é HOJE! Porque, amanhã pode ser muito tarde. A Palavra de Deus Bíblia Sagrada diz:  HOJE, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração”(Hebreus 3. 15) E o Senhor Jesus disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida;ninguém vem ao Pai senão por mim. É somente pela fé no sacrifício de Cristo Jesus, e no cumprimento dos seus mandamentos é  que o pecador  pode encontrar salvação. Pense nessas divinas promessas, daquele que por ti amar com tão grandioso amor quis morrer, para que você pela fé fosse salvo.
Que neste dia de saudades e reflexões, você possa estar pensando nestas palavras!

Que Deus te abençoe e te faça entender HOJE, o seu gracioso e urgente convite!
Enéas Cândido de Lara

terça-feira, 31 de outubro de 2017

CASTELO FORTE É O NOSSO DEUS !


O hino 155 Castelo forte é o hino da reforma protestante composto por Martinho Lutero. Ouça este belo hino e leia também um resumo deste importantíssimo acontecimento da nossa história.



"Deus é o nosso refugio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações"
Salmo 46. 1)


Este belo Cântico de fé e de profunda certeza nas providências de Deus foi escrito em um tempo que para a maior proteção da vida de alguém era se refugiar abrigando-se numa cidade murada, ou no esconderijo de alguma caverna incrustada no alto de uma grande montanha, mas para os reis e príncipes eles preferiam a segurança dos fortes castelos de muros impenetráveis construídos na rocha de altos montes. Para simbolizar a proteção proporcionada por Deus, o salmista recorre aqui neste Salmo ao que ele conhecia de mais seguro. Embora, jamais um símbolo possa representar em toda a plenitude o que ele simboliza, todavia serve para nos dar alguma compreensão. Na época em que Martinho Lutero compôs a letra e musica do hino Castelo Forte”, inspirado nas palavras do (Salmo 46) assim, como na época do salmista um castelo ou fortaleza, eram o máximo de proteção e refugio existente para o homem. Ele mesmo viveu em total reclusão no castelo de Wartburg, de  abril de 1521 a março 1522, quando Frederico, o “sábio”, e seus conselheiros decidiram protegê-lo, evitando que caísse nas mãos de inimigos da cruz de Cristo, instigados pela fúria pertinaz de um ânimo cruel com que satanás o  perseguia.

Não conseguimos encontrar a data exata em que este hinoCastelo Forte foi escrito, Teria sido cantado por Lutero e seus companheiros na Dieta de Worms, em 1521, ou na Dieta de Augsburg, ou talves na Dieta de Speyer, em 1529...? . O mais antigo hinário existente em que aparece, é o de Andrew Rauscher de 1531. O hino Castelo Forte, hoje faz parte de todos os hinários sacros das igrejas Protestantes, e até ironicamente figura na segunda edição do “Livro Católico de louvores”, o qual foi publicado pela conferência Canadense dos Bispos Católicos e é sugerido para ser cantado nas missas.
Através  dos tempos tem sido considerado como o “Cântico de Batalha da Reforma”, injeção de ânimo e coragem na dependência de um Deus que tem em suas mãos a própria história, e por mais estranha que seja seu desenrolar, Ele  tem em suas mãos as rédeas dos acontecimentos .
O que Deus é para você.......? Você que já leu, viu fotos de castelos e fortalezas destruídas por toda a Europa, incluindo muitas na própria Alemanha, após o término da segunda Guerra Mundial; você se lembra do dia 11 de setembro e das impressionantes imagens das torres gêmeas e do Pentágono nos EUA, estampado ali, a vulnerabilidade da proteção humana, onde você vai encontrar refugio?
“A força do homem nada faz, sozinho está perdido”. A confiança de Lutero não estava nas fortes paredes de um castelo, mas no Deus que socorro traz em seu Filho escolhido” . Deus é o mesmo ontem, hoje e sempre, por isso Se nos quisessem devorar demônios não contados, não nos iriam derrotar nem ver-nos assustados”. Deus continuará sendo para aquele que nEle confia, descansa e espera o único refúgio seguro, pois Se tudo se acabar e a morte enfim chegar, com Ele reinaremos” !!!

Ouça o vídeo abaixo este grande hino escrito por Lutero, conquista inesquecível  de bravos homens levantados por Deus para que a verdade Bíblica seja a razão da nossa maior esperança firmadas nas promessas de Cristo Jesus: E as portas do inferno não prevalecerão contra ela”Mateus 16. 18). Clica ai e ouça este belo e importante hino da reforma Protestante. Que Deus te abençoe, em Nome de Jesus!

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

UM EXILADO EM TERRA ESTRANHA !


Jesus  batendo a porta do  coração, atenda-O!

“Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus” (I Coríntios 1:18).

Certa vez o escritor A. W. Tozer, escreveu o seguinte"Um cristão verdadeiro é uma pessoa estranha em todos os sentidos. Ele sente um amor supremo por alguém que ele nunca viu; conversa familiarmente todos os dias com alguém que não pode ver; espera ir para o céu pelos méritos de outro; esvazia-se para que possa estar cheio; admite estar  errado para que possa ser declarado certo; desce para que possa ir para o alto; é mais forte quando ele é mais fraco; é mais rico quando é mais pobre; mais feliz quando se sente o pior. Ele morre para que possa viver; renuncia para que possa ter; doa para que possa manter; vê o invisível, ouve o inaudível e, conhece o que excede todo o entendimento." 



Realmente este comportamento foge  dos padrões e da racionalidade do homem natural, e pode até ser considerado estranho, porque se fundamenta no poder da fé.Como podemos explicar a fé? (Hebreus 11. 1) diz: "Ora a fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem" Isso significa que pela fé nos podemos ver realmente o invisível, e ter a convicção de fatos que se concretizam em nossas vidas.

Uma das páginas mais linda da Bíblia é a oração que Jesus fez pra mim e pra você e, que  se encontra no evangelho segundo (João 17) Aqui Jesus explica porque somos diferentes.  No (v. 6) disse Jesus:"Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus, tu mos confiaste, e eles tem guardado a tua palavra".Veja bem a colocação do verbo: "ERAM TEUS", isso quer dizer, que nós já pertencíamos a Deus antes mesmo da fundação do mundo, porém disse Jesus: "Agora tu mos confiaste". Mas no ( v. 9Uma revelação gloriosamente restrita e determinante que Jesus faz:"É por eles que eu rogo; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus". 

Jesus veio buscar exclusivamente  as ovelhas perdidas do seu aprisco, aquelas que Deus escolhera antes da fundação do mundo (Efésios 1. 4)
Você já pertence a este aprisco do Senhor? Se ainda não, hoje Jesus te convida:"Vinde a mim todos os cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei". E Jesus disse mais:"Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim"(João 14. 6)

 Nós, vivemos neste  mundo, mas não somos daqui, pertencemos a outra Pátria, a celestial, por isso somos diferentes, não compactuamos com a glória falível e passageira do presente século, pois pertencemos à uma outra Pátria infinitamente superior e  eterna nos céus. Foi isso que Jesus disse: "Eles não são do mundo, como eu também não sou"(V.16).

Se você até agora estava triste, com problemas, lutas, anime-se  porque és  gloriosamente um  vencedor, CREIA NAS PROMESSAS DO DEUS QUE NÃO PODE MENTIR O QUAL NOS GARANTIU A VITÓRIA PELA FÉ, ATRAVÉS DE CRISTO JESUS O NOSSO TÃO AMADO SALVADOR. Então,  bota um sorriso no  rosto  e se possível diga ALELUIA....glorificado seja para sempre o nome do Senhor.  Porque você é o mais bem-aventurado ser humano que temporariamente aqui vive no exílio deste vale de lágrimas, até o momento de ouvir o chamamento de amor:"Vinde bendito de meu Pai, entra no gozo do teu Senhor".

Que Deus vos abençoes, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

A NOSSA INÚTIL ANSIEDADE DE CADA DIA !


Texto Básico:" Não andeis ansiosos de cousa alguma"(Filipenses 4. 6).
O Senhor Jesus conhecendo profundamente a criatura humana e, sabendo que é inerente em nós existir algo desconfortável e prejudicial que tem roubado de muitas pessoas, anos de sua existência que é a ansiedade. Então, Ele passou-nos a ensinar segundo o registro do grande sermão do monte.(Mateus 6. 25-34). Porque a ansiedade não controlada, trás acentuada tristeza e isso provoca um desencadear de outras enfermidades do sistema emocional, cujo resultado muito faz sofrer o ansioso, como também a todos que convivem ao seu lado.
Para tanto disse Jesus:"Qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso de sua vida? 

 (Mateus 6. 27). O que Jesus está nos ensinando é que, ficar ansioso não resolve problema algum. É inútil, é perca de tempo, é como correr atrás do vento. Aqui neste maravilhoso sermão do Monte, Ele disse que a única solução é aprender a confiar nas providências de Deus. No (V.31)"Não inquieteis com o amanhã". ou seja, não sofra por antecedência, confie em Deus as suas impossibilidades. O Salmista Davi nos aconselha dizendo:"Entrega o teu caminho ao Senhor confia nEle". Porque a ansiedade além do natural sofrimento que trás ao homem, é uma violência, uma afronta contra o amor com que Deus cuida de nós. Ser ansioso é mesmo que duvidar das promessas e do amor com que Deus nos ama. Preste atenção no que disse Jesus no (V.32)"Porque é os gentios que procuram essas cousas". São os gentios que vivem correndo pra lá e pra cá atrás do seu pão, e nessa busca obstinada, fazem da vida uma guerra sofrível, que para conseguirem seus objetivos muitas vezes gananciosos usam de meios ilícitos como; mentir, trapacear, roubar, matar. Entretanto, a nós que somos filhos de Deus, é inadmissível  tal procedimento, porque será uma grande ofensa perante Deus a nossa manifestada insegurança da nossa ansiedade. É como dizer a Deus, que nós estamos sozinhos, e que Deus nos abandonou. Esse sentimento que é sem dúvida um pecado, uma afronta, uma ingratidão á aquele que nos amou sobremaneira com amor eterno. Infelizmente este mau é universal e que tem abrangência entre todos os povos, o qual é uma grande tolice humana, e uma inútil perda de tempo.

O apostolo Paulo juntamente com o Pedro se preocuparam também com está séria e perturbadora incidência nos corações dos homens, e Pedro nos aconselhou dizendo:"Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós"(I Pedro 5. 7) Tanto Pedro como ultimamente Paulo, viveram e aprenderam com Jesus que a ansiedade é um sentimento inútil. "Qual de vós pode acrescentar um dia, uma hora no curso de sua vida?(Mateus 6. 27) Por outro lado o Senhor Jesus nos conforta dizendo:"Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, não vestirá muito mais a vós outros, homens de pequena fé?
Aquilo que para nós hoje parece uma grande e irreversível derrota, Deus pode transformar em grande vitória. Hoje, nós estamos vivendo um momento de exercitarmos a nossa fé."Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele, e o mais Ele fará"(Salmo 37.5)

Que Deus grandemente te abençoe, em nome de Jesus!

Enéas Cândido de Lara

domingo, 22 de outubro de 2017

QUAL É A TUA TEMPESTADE ?



Quando uma tempestade se aproxima no horizonte, tornando o céu negro, ficamos com medo, inseguros principalmente quando nós lembramos das enchentes, desabamentos, inundações nessas ocasiões. Ficamos atemorizados com a escuridão, os raios e trovões, e ao mesmo tempo admirados diante da força tão grande e incontrolável que a natureza tem, muitas vezes devastadoras.

 Em nossa vida, as vezes temos que enfrentar tempestades de diversas  origens, que nos atormentam e nos fazem ver como somos frágeis e indefesos diante das interpéres da nossa  existência. Quando isso acontece, muitas vezes só podemos enxergar apenas a tempestade que nos aflige, e não vemos nem imaginamos que, depois dela, voltará a bonança e o tempo de segurança e paz.

 Quantas tempestades, temos enfrentado na vida? Muitas vezes são as enfermidades, dores tantas desta vida, problemas trabalhistas, problemas financeiros, crises conjugais, discriminação, dívidas..., tudo isso são tempestades em nossa vida. Diante dessas situações passamos angustias, sofrimentos, dor e medo. E, assim como os discípulos de Jesus, nesses momentos muitas vezes esquecemos que existe alguém controlando o nosso fragilizado "barco", (tal como na cena ilustrativa acima). O pavor daqueles homens é perfeitamente compreensível  em face do grande perigo do eminente naufrágio. Acima de tudo, por considerar que Jesus estava  dormindo numa hora que eles mais precisam Dele. Então, a atitude em irem despertá-lo do sono, foi um ato humano e  natural diante das circunstâncias.  Mas, ali estava Jesus o Senhor dos mares, dos ventos, das tempestades, não perdeu o controle e interveio no momento certo. 
Não existem ventos fortes, tempestades nem furações em nossa vida que Jesus Cristo não possa conter , aquietar e vencer. A advertência de Jesus aos seus discípulos foi:"Porque duvidaste homens de pequena fé" Se Jesus  ainda não está no controle do seu barco, deixe-o ajudá-lo a guiar a sua vida, e a passar pelas tempestades, e perigos com a autoridade que só Ele tem. Pense nisso: embora, as tempestades possam nos  assustar, mas estando com Jesus, estaremos seguros. Porque Ele disse: E eis que  estou convosco todos os dias até à consumação do século (Marcos 28.20).  
Ore, para que Deus te abençoe, Cristo guie a sua vida, e o Espírito Santo possa oferecer o seu consolo, seja qual for a intensidade do seu medo e da  sua tempestade. A maior de todas as vitórias nós já encontramos em Cristo Jesus, a salvação de nossas almas.
Que Deus te abençoe em nome de Jesus!


Enéas Cândido de Lara
Copyright © 2011 Eneas Cândido de Lara. Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger